A verdade liberta

A verdade liberta

Oscar Quiroga

24 de janeiro de 2014 | 17h43

 

Das 17h43 de sexta-feira 24-1-14 até 11h55 de sábado 25-1-14, horário de verão de Brasília, a Lua QUARTO MINGUANTE de Escorpião está em trígono com Júpiter, sextil com Vênus, conjunção com Saturno e quadratura com Mercúrio. No mesmo período, Mercúrio e Saturno em quadratura.

Tu sabes que podes retorcer palavras e conceitos até que nenhum vestígio da verdade fique exposto, Tu sabes que isso é possível.

Agora precisas saber também que na mesma medida em que fazes isso, tua alma fica recluída num labirinto que ao longo do tempo vai ficando mais e mais denso. Tu podes até te acostumar com isso e afirmar “Eu aguento”, mas em algum momento da jornada perceberás também que em momentos delicados, quando precisas comunicar algo íntimo e verdadeiro, isso vai se tornando tão difícil que ninguém te entende.

Já ouviste dizer que “a verdade liberta”, mas não atinas a entender o que seria isso; é uma frase bonita, mas que não faz sentido.

O sentido da libertação proposta pela verdade consiste em destruir esse labirinto em que te meteste e do qual não saber mais como sair.

Porém, enquanto continuares colocando teus interesses imediatos e egoístas acima das conexões que podes e deves fazer com as pessoas próximas e distantes, deixarás também de lhes prestar o serviço de lhes fazer a vida mais simples e boa e, por isso, tua libertação não acontecerá.

Então, quando afirmes a alguém “Eu te amo”, estarás mentindo, porque teu intuito não será te libertar nem muito menos libertar essa pessoa, apenas a estarás seduzindo para que te acompanhe na solidão de teu labirinto.

Um dia ela perceberá isso, reclamará, mas se tampouco tiver presença de espírito para se libertar, então vocês conviverão no inferno desse labirinto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.