A verdade é uma desilusão

A verdade é uma desilusão

Oscar Quiroga

03 de novembro de 2013 | 16h18

 

Das 16h18 de domingo 3-11-13 até 2h24 de segunda-feira 4-11-13, horário de verão de Brasília, a Lua NOVA de Escorpião está em trígono com Júpiter.

A verdade é uma desilusão, por isso Tu, como a esmagadora maioria dos seres humanos, a temes e a driblas, e quanto mais te gabares de não fazer isso, mais estarás com isso colocando a vaidade no lugar da verdade, que podem até rimar entre elas, mas são diametralmente opostas.

A verdade sempre será uma desilusão, um desnudar-se sem argumentações, permitindo que todas as falhas se mostrem e, assim, nesse estado indefensável, verás o que deve ser visto.

Fazer isso diante de outrem? Desnecessário! Tu o deves fazer todos os dias diante de teu olhar interior, pois durante o dia continuarás mentindo algumas vezes e sustentando mentiras antigas também, mas se uma vez por dia te desnudares e te desiludires garantirás uma força maior, muito maior daquela que as mentiras te oferecem.

As mentiras te desamparam, quando mais precisares do seu abrigo, mais distantes estarão de te proteger.

Melhor te desiludires uma vez ao dia, pois assim garantirás o conhecimento real de tua força e não terás dúvida alguma para utilizá-la quando a ocasião o tornar necessário.

Não sabias? Estás aqui neste planeta para oferecer algo e não para pegar muito.

Eis a desilusão que a verdade promove, reconhecer que pegas mais do que ofereces.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.