A vantagem de se trabalhar interiormente

Oscar Quiroga

16 de agosto de 2011 | 21h03

 

Às 21h03 de terça-feira 16-8-11 a Lua que míngua ingressou em Áries e permanece em conjunção com Urano e quadratura com Plutão e Marte até 16h11 de quarta-feira 17-8-11, horário de Brasília. No mesmo período, Sol e Mercúrio estão em conjunção.

 

Aquelas almas que já vinham processando suas revoluções íntimas e produzindo reviravoltas profundas em suas existências levarão vantagem agora, porque a perturbação do mundo passará por elas sem causar grandes danos.

Aquelas outras almas, porém, agarradas aos erros mesmo tendo tido oportunidade de consertá-los, se vêem obrigadas agora, pela força das circunstâncias a rever tudo, são sobrelevadas pelas reviravoltas que, em grande medida, as carregam consigo sem chance de controle ou domínio.

Há um quê de tristeza ao observar isso, mas as coisas são como são e tudo acontece em nome do surgimento de uma nova onda de civilização; esta é a sagrada oportunidade de acertarmos o passo e nos incluir em conjuntos maiores e mais sofisticados de experiência, deixando para trás definitivamente o estado de reclusão que experimentávamos e que nos convertia em seres muito inferiores aos que realmente somos.

A mesquinharia provocou a reviravolta, porque nunca foi justa, foi imposição despótica de mentes distorcidas que assumiram o controle do planeta.

A reviravolta é justa e a merecemos, ainda que temporariamente nos encha de apreensão.

Não é propício esperar para ver em que sentido o vento sopra, toda alma já foi informada intimamente para onde o vento sopra. Esse vento é o inefável sopro do destino que traz consigo a nova onda da civilização, na qual importarão mais os relacionamentos solidários do que o espírito de competição.

Ajuste sua existência pessoal a isso e, tenha certeza, sairá ganhando, não apenas você em particular, mas todo seu círculo de relacionamentos também.

 

Próximo boletim será publicado às 16h11 de 17/8/11

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: