A utopia do sossego

Oscar Quiroga

05 de dezembro de 2011 | 13h07

Das 13h07 de segunda-feira 5-12-11 até 9h14 de terça-feira 6-12-11, horário de verão de Brasília, a Lua que cresce em Áries está em oposição a Saturno e sextil com Netuno.

Viver no sossego é uma utopia inatingível, uma ilusão. É impossível viver no sossego neste planeta, especialmente no tempo atual, produtor de tantas turbulências e perturbações.

A alma de nossa humanidade é uma antena receptora e emissora, e a vida individual que achamos processar não é tão individual assim, há toda uma interdependência de fatores que tornam o isolamento impossível e, inclusive, contraproducente.

Por isso o sossego é impossível, porque o mundo não está sossegado e, também, porque o sossego é acompanhado pela lassidão e inerente preguiça, condições essas contrárias ao processo criativo a que nossa espécie está dedicada.

Podemos pretender a paz de espírito, mas essa certamente nada tem a ver com sossego, e sim com a capacidade de manter a cabeça no lugar perante os tumultos e perturbações próprias da vida aqui na Terra.

Tudo isso foi explicado para transmitir que neste momento astrológico de severas dificuldades não seria propício você insistir em viver com a alma sossegada, evitando o enfrentamento com as dificuldades, pois isso aprofundaria a ilusão.

Perante as dificuldades, mantenha a cabeça no lugar e não se abstenha de enfrentá-las e dar seu melhor para solucioná-las.

Só isso garantirá paz.

Próximo boletim será publicado às 9h14 de 6/12/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua cresceLua em Áries

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.