A presença do Filho de Deus

Oscar Quiroga

23 de dezembro de 2011 | 15h30

Das 15h30 de sexta-feira 23-12-11 até 9h37 de sábado 24-12-11, horário de verão de Brasília, a Lua quase Nova de Sagitário está em sextil com Saturno e Netuno.

Ainda que você não seja da tribo cristã que venera a data atual como a recordação do advento do Messias e, mesmo que você seja dessa tribo, mas não tenha ultimamente prestado o devido culto ao Filho de Deus, encontre neste momento um período propício para recuperar o fio da meada.

O Filho de Deus se torna presente quando duas ou mais pessoas o evocam, independente de fazê-lo de forma intencional ou inadvertida.

Se você se lembra de pessoas que há tempos não vê e com as quais não entra em contato, esta será uma oportunidade para formalizar uma reaproximação.

O Filho de Deus é aquele fio espiritual que, tal qual o fio que alinhava as contas de um colar, alinhava também todos os mundos do Universo.

Por isso a necessidade de fazer contato, porque isso atualiza esse fio de meada e anula a tendência brutal da civilização atual, que pretende convencer todo mundo de nada ter a ver com nada e de que todas as pessoas e seres são ilhas isoladas no oceano infinito de Vida.

Esse é um erro fatal que o tempo castiga.

O acerto consiste em aproveitar o ensejo desta data comemorativa e estreitar laços com as pessoas que estavam distantes, mas também com as próximas, que muitas vezes se distanciam por ser próximas, acabam sendo dadas por sabidas.

Próximo boletim será publicado às 9h37 de 24/12/11

Tudo o que sabemos sobre:

Lua Nova

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.