A ordem dos fatores altera o produto

Oscar Quiroga

14 de agosto de 2011 | 09h55

 

Às 9h55 de domingo 14-8-11 a Lua que começa a minguar ingressou em Peixes e permanece em sextil com Plutão, trígono com Marte e sextil com Júpiter até 5h22 de segunda-feira 15-8-11, horário de Brasília.

 

Enquanto na agenda da civilização domingo seria dia de descanso e, segunda e terça dias propícios para o início dos relacionamentos produtivos, na realidade mais real, que é a que vem de dentro e se irradia para fora, nesta semana os dias foram trocados.

De acordo com a agenda cósmica, hoje deveria ser dia de trabalho e tanto a segunda quanto a terça-feira deveriam ser deixados para o descanso e a despreocupação.

A agenda da civilização é aquela que considera o ser humano engrenagem de uma mega-indústria que ninguém no momento atual domina, mas que tem sua inércia em marcha e por isso dá pouca margem para que o ideal de bem-estar, prosperidade e qualidade de vida possa ser realizado.

A agenda cósmica é a que regula os ciclos que integram o ser humano ao Universo no qual se movimenta e experimenta ser. Nesta agenda o domingo em curso é claramente propício à atividade enquanto a segunda e terça-feira, dois dias dominados por uma Lua VAZIA, a única forma propícia de se relacionar com esses seria através do descanso e a despreocupação.

Agora só falta combinar com o mundo inteiro para o tempo ser aproveitado devidamente.

 

Próximo boletim será publicado às 5h22 de 15/8/11

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: