A hora da verdade

Oscar Quiroga

24 de dezembro de 2011 | 11h48

Às 11h48 de sábado 24-12-11 a Lua ingressou em Capricórnio e está em trígono com Júpiter, quadratura com Urano e, após completar a fase Nova, também em conjunção com Plutão; tudo até 23h42, horário de verão de Brasília.

Certamente, esta não será uma noite de Natal como tantas outras, nossa humanidade não encontra mais aquela margem de outrora mediante a qual poderia reunir-se com pessoas que detesta e passar bem com isso.

Tudo se tornou transparente e lúcido, daí o sofrimento generalizado, pois, quantas mentes suportam a verdade sem sofrer?

Porém, há sofrimentos masoquistas, é o das pessoas que se entregam ao tormento e se adéquam a esse, mas há também sofrimentos libertadores.

Hoje, certamente, será uma noite libertadora, muitas coisas poderão ser ditas que transformarão relacionamentos para sempre.

Se não quiser nada disso, então cuide para permanecer anônimo, oculto em algum canto da sala enquanto a festa continua, rezando para que o tempo passe o mais rápido possível e ninguém note sua presença.

Porém, se tiver algumas verdades atravessadas em sua garganta e não quiser mais suportar o peso dessas, então encontre nesta noite de véspera de Natal a oportunidade de derramá-las e que essas provoquem o efeito libertador que lhes for inerente.

Próximo boletim será publicado às 23h42 de 24/12/11

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.