A eliminação dos obstáculos

A eliminação dos obstáculos

Oscar Quiroga

26 de março de 2013 | 18h33

Às 18h33 de terça-feira 26-3-13 a Lua ingressou no signo de Libra onde completará sua fase CHEIA em oposição a Vênus e Urano até 9h05 de quarta-feira 27-3-13, horário de Brasília. No mesmo período, Marte e Plutão estão em quadratura.

Um dia a alma cansa de protelar indefinidamente seus sonhos e, de paciência esgotada, abre as portas para que dimensões destrutivas de seu próprio ser se encarreguem de eliminar os obstáculos que parecem se interpor entre ela e seus sonhos.

Em algum momento, também, constatará que é contra ela mesma que dirige sua força destrutiva, já que além e aquém das circunstâncias sempre esteve sua frágil vontade, desfocada, dispersa e sempre seguindo atrás de gente e conquistas sem verdadeiro sentido.

Os ideais precisam ser renovados para que a qualidade dos relacionamentos também se renove. Fazendo isso, o furor destrutivo se torna inócuo, irrelevante.

Porém, como muita gente adora um furor destrutivo, independentemente que destruam a si mesmas elas desembainham espadas e acabam ferindo a elas mesmas, pois no furor destrutivo são tão ineficientes quanto o foram no ardor construtivo.

Enfim, acima de tudo isso circula vida mais abundante, para quem for capaz de sintonizá-la.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: