A busca ardorosa

A busca ardorosa

Oscar Quiroga

07 Setembro 2013 | 19h59

 

Das 19h59 de sábado 7-9-13 até 17h47 de domingo 8-9-13, horário de Brasília, a Lua que cresce em Libra está em conjunção com Vênus.

O belo espetáculo que regala os olhos da Lua e Vênus visíveis no horizonte do crepúsculo nem se compara com o ardor da busca de nossa humanidade por beleza, harmonia, verdade e bondade.

As duas instâncias estão em SINCRONIA agora, só falta cada um de nós dar o passo necessário para se agregar a esse espetáculo.

Enquanto isso, se acontecer tudo o contrário, e a feiura sentar na sua sala como um convidado não solicitado que se acomoda em casa e não dá menção de ir embora, agradeça com todo seu coração essa presença às avessas e eleve uma oração de imediato, pedindo para que as distorções sejam incineradas na verdade e que tudo retorne ao que deve ser, uma exaltação contínua de glória e amor de todos para com todos.

Acha isso otimista demais e nada a ver com a realidade mais imediata? Certamente, você tem toda a razão do mundo para pensar assim, mas sua razão toda é do mundo, não da alma, e enquanto continue tendo pudor de chamar a alma de realidade, então sua mente continuará convencida de que as razões do mundo são as que valem e ponto final.

Isso cegará sua percepção e por mais que a beleza esteja nua diante de seus sentidos, não a enxergará, não a enxergará.