‘Revolution’, produzida pelo criador de ‘Lost’, estreia no Brasil

Estadão

04 de novembro de 2012 | 02h10

Foto: Reprodução

Quem já sofreu o infortúnio da falta de luz em casa sabe o quanto essa situação causa grandes incômodos. Mas, e se a energia acabasse para sempre? Como a humanidade sobreviveria? Como seria viver em um mundo onde não há comida para produzir (a falta de energia impede a limpeza das águas), não há empresas produzindo, não há dinheiro a ser gasto, todos os meios de comunicação acabam, os veículos não funcionam, o petróleo deixa de ser retirado de suas grandes bacias. Em Revolution, o criador da série Eric Kripke (Supernatural) e o produtor-executivo JJ Abrams (Lost, Fringe) preveem o caos. A segurança se foi e os governos, sem saber explicar o que exatamente aconteceu, caem, dando espaço às milícias fundadas por ex-militares que se tornaram rebeldes.

A história se passa 15 anos depois do grande apagão. Após ter o irmão sequestrado por um comandante de uma milícia, Charlie (Tracy Spiridakos) é orientada por seu pai Ben Matheson (Tim Guinee) a procurar Miles (Billy Burke), ex-militar e tio da garota, único que poderia salvar Danny (Graham Rogers). Charlie então sai em busca de Miles, que vive em outra cidade, ao lado do amigo de seu pai Aaron (Zak Orth) e da madrasta Maggie (Anna Lise Phillips), que guardam um segredo: um dispositivo deixado por Ben pode ser a chave para trazer a eletricidade de volta. Eles enfrentarão uma longa caminhada com muitos perigos escondidos.

Revolution estreou nas telinhas americanas em 17 de setembro, e desde então foi considerada um hit da Fall Season 2012/2013. E claro, dado ao seu conteúdo ficcional fantástico e pós-apocalíptico, a imprensa não deixou de lado comparações com séries como The Event, FlashForward, Fringe e, a mais óbvia, Lost. A audiência também dá grande confiança de que a nova série da NBC vai vingar: a média de espectadores é de 9 milhões, sendo a melhor estreia de uma série dramática da emissora americana em 5 anos. Importante, não?

Além de Billy Burke (Crepúsculo) e Tracy Spiridakos , o elenco conta com o ótimo Giancarlo Esposito ( que recentemente ganhou um Emmy por sua atuação em Breaking Bad, e ainda faz pontas em Once Upon a Time nas horas vagas), David Lyons (The Cape), Tim Guinee (Iron Man) e Elizabeth Mitchell (Lost).

Aqui no Brasil, o primeiro episódio de Revolution vai ao ar hoje, no canal Cinemax (HBO), às 22h30. A série passará a ser exibida todas as terças, às 20h.

Assista ao trailer legendado de Revolution.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.