Larry Hagman e seus grandes personagens

Estadão

24 de novembro de 2012 | 16h55

Fonte: Reprodução

Morreu nesta sexta-feira um dos ícones da TV americana. Larry Hagman, de 81 anos, morreu de câncer em pleno feriado de Ação de Graças (ou Thanksgiving em inglês). O ator estava rodeado pela família e por amigos – segundo a imprensa americana, os colegas de Dallas Patrick Duffy e Linda Gray estavam presentes.

A carreira de Hagman começou no fim da década de 1950, quando fez uma participação na série Decoy, de 1957. Logo depois, fez pontas em alguns shows e filmes para TV, esperando pela grande oportunidade. Ela veio em 1965, com o lançamento da série I Dream of Jeannie (Jeannie é um Gênio). O show logo tornou-se um sucesso nos EUA, sendo depois exportado para vários outros países como o Brasil. A história do astronauta Tony (Larry Hagman) que encontra uma mulher (Barbara Eden) presa em uma garrafa e que realiza seus desejos não foi apenas sucesso de público como um “escândalo” para a sociedade da época. Uma mulher solteira com roupas que deixam a barriga descoberta vivendo sozinha com um homem causou alvoroço entre os censores americanos. Mas as reclamações foram em vão. Jeannie é um Gênio ficou no ar por 5 anos e até hoje o show é lembrado.

Durante a década de 1970, Hagman participou de várias séries e filmes para TV, mas não chegou a interpretar papéis fixos. Parecia que estava destinado a sempre ser lembrado como o astronauta Tony. A segunda chance de um personagem de destaque veio com o projeto de uma série que contava a trajetória da família Ewing, poderosa por suas enormes reservas de petróleo. Dallas estreou em 1978, e Larry Hagman tornou-se o inescrupuloso JR Ewing, filho mais velho de Jock Ewing, e ambicioso por poder e dinheiro. Dallas foi fenômeno de audiência e a primeira parte da série durou nada menos do que 14 temporadas, até 1991. Digo primeira parte porque a TNT resolveu reavivar Dallas em 2012, mas dessa vez contando a história de desavenças da nova geração da família. O “novo” Dallas estreou com pompas e, ao lado de Linda Gray e Patrick Duffy, Hagman pode ressuscitar JR. Mesmo doente e algumas vezes visivelmente fraco durante as gravações, o ator de 81 anos deu um show de interpretação, e novamente voltamos a detestar o seu famoso personagem.

A produção da segunda temporada de Dallas (2012) já começou. Larry Hagman já havia gravado 6 episódios. O novo ano da série estreia nos EUA dia 28 de janeiro.

Tudo o que sabemos sobre:

DallasJR Ewing. R.I.P.Larry Hagman

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.