Simpsons X Family Guy, a briga continua

Estadão

25 de maio de 2011 | 15h24


(imagem retirada daqui)

A briga é antiga e parece longe do fim. Esta semana, ganhou mais um episódio. Entre as duas grandes atrações da Fox, Family Guy levou a melhor, pelo menos no que diz respeito à audiência* do episódio final, exibido no domingo passado. A série registrou melhor resultado na faixa de 18-34 anos, liderada historicamente pelos Simpsons.

O criador de Family Guy, Seth MacFarlane, já foi acusado de imitar descaradamente seu concorrente, o que para fãs seria mera ironia do autor, que já brincou muito com isso nos idos de 2006. Desde 1989 no ar, os Simpsons nunca sofreram um revés grave. Ao contrário, Family Guy, que estreou dez anos depois, passou por dois cancelamentos.

Por terem o mesmo mote batido (família classe média com crianças malcriadas, pai bonachão e mãe prestativa), a comparação sempre existiu e é naturalmente favorável aos Simpsons. O desenho ícone da cultura pop está muito mais vivo no imaginário dos espectadores. As tiradas impagáveis de Homer Simpson nunca foram superadas por Peter Griffin, Marge é muito mais estilosa que Louis, Lisa e Bart têm a personalidade que falta a Meg e Chris, definitivamente losers. Correndo por fora estão apenas o bebê Stu e Brian, o cachorro, que sustentam sozinhos episódios inteiros.

Os Simpsons, que nunca saíram do ar, revelam uma constância que falta a Family Guy. No entanto, não supera há muitas temporadas a tediosa sequência “Homer se atrapalha no trabalho, aventuras de Bart, celebridade convidada visita Springfield”. Por outro lado, a família Griffin é mutante – alguém se lembra que Louis é professora de piano, por exemplo? Ou que Brian, o cachorro, beijou Meg no baile de formatura? Justamente por não ter o menor comprometimento com a realidade e por dar vazão a um nonsense infinito, Family Guy parece muito mais fresca e renovada após uma década no ar, apesar dos tropeços.

É claro que Simpsons tem muito mais fãs do que qualquer outra série animada e obviamente exerceu sua influência sobre Family Guy. Mas quanto os eternos defensores têm acompanhado a série?

*Segundo o Inside TV, Family Guy teve 3.0 pontos de 7 em audiência em sua season finale  na faixa de 18-34 anos, enquanto Simpsons ficou com 2.5. Cada ponto equivale a 1,3 milhão de espectadores.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.