‘Você Nem Imagina’, da Netflix, trata do amor teen sob outro olhar

‘Você Nem Imagina’, da Netflix, trata do amor teen sob outro olhar

Adriana Del Re

21 de maio de 2020 | 09h00

A atriz Leah Lewis como Ellie: amor por outra garota. Foto: Netflix

Você Nem Imagina, da Netflix, faz uma mistura de referências já bastante conhecidas, sobretudo em filmes teen americanos. O garoto bonito que se apaixona pela garota bonita da escola; e a garota que não é popular, mas que, com o tempo e a aproximação, desperta o interesse do tal garoto bonito.

Há também um quê de Cyrano de Bergerac, quando se tem na história uma intermediária – no caso, Ellie Chu (Leah Lewis), a jovem inteligente e sensível que prefere passar despercebida na escola – fazendo a ponte amorosa entre o atleta Paul (Daniel Diemer) e sua musa, Aster (Alexxis Lemire), e conquistando-a por meio de palavras, reflexões, poesia. E assim como o personagem da célebre peça de Edmond Rostand, Ellie é apaixonada por Aster.

É nesse ponto que Você Nem Imagina foge do lugar-comum, ao tratar de temas tão caros aos adolescentes, como o primeiro amor, autodescoberta e amadurecimento, dentro do universo LGBT. Filha de chineses, Ellie vive no seu mundo, mas, para ajudar o pai, aceita receber US$ 50 para escrever uma carta amorosa em nome de Paul para Aster. A bela responde, e inicia-se uma instigante troca de cartas. Nesse processo, Paul e Ellie viram amigos, ele passa a olhá-la de outra forma, mas ela é apaixonada por Aster.

O filme não se aprofunda muito no amor entre as duas garotas, mas é uma história bonita.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: