Veja dicas de 10 filmes de comédia disponíveis na Netflix

Veja dicas de 10 filmes de comédia disponíveis na Netflix

As opções são diversas e para todos os gostos: de Meryl Streep a 'Cheech e Chong'.

Estadão

05 de setembro de 2020 | 13h43

Veja dicas de 10 filmes de comédia disponíveis na Netflix

Meryl Streep na comédia dramática ‘A Lavanderia’, sobre o esquema dos Panama Papers FOTO: NETFLIX

Escolher o filme que vai assistir no final de semana não é uma tarefa fácil, em tempos de internet opções não faltam, o problema é encontrar algo que combine com as nossas preferências. Quando o assunto é comédia a dificuldade redobra, mas não é impossível de encontrar coisas boas. Para você não perder tempo caindo em enrascada, o Estadão selecionou dez comédias de diferentes estilos, que estão disponíveis na Netflix e que são implacáveis na missão de acabar com qualquer seriedade. 

Entrou há pouco na Netflix

 

  1. Tammy fora de controle 

Protagonizado por Melissa McCarthy (Poderia me perdoar?), Tammy – Fora de Controle foi concebido depois de o diretor, Ben Falcone, ter sonhado que McCarthy (que é sua esposa) trabalhava em uma rede de fast-food e passava por um momento difícil da vida. As primeiras ideias para o roteiro foram anotadas em guardanapos. O longa narra a história de Tammy, uma mulher que perde seu emprego e cai na estrada para uma longa viagem com sua avó (Susan Sarandon). A comédia é para quem gosta de humor rasgado, com deboche e situações inusitadas, característico dos filmes estrelados por Melissa. 

 

  1. O Retorno de Johnny English 

Quem ama o Rowan Atkinson (Mr.Beans) pode matar um pouco a saudade do ator na Netflix. Recentemente, a plataforma adicionou em seu catálogo O Retorno de Johnny English. O filme é baseado em um espião covarde e desajeitado, que virou ícone na publicidade inglesa por causa da campanha comercial da Barclaycard, empresa de cartões de crédito. A cena da “caneta de dardo venenoso”, por exemplo, é inspirada em uma das esquetes dos comerciais. O que muita gente não sabe é que a comédia, que satiriza filmes de espionagem, conta com dois roteiristas, Neal Puvis e Robert Wade, que também trabalharam em seis filmes da franquia 007

 

Para experimentar algo novo

  1. A Lavanderia  

A Lavanderia  é baseada na investigação jornalística Panama Papers, que denunciou clientes do escritório de advocacia Mossak Fonseca por ocultação de patrimônio em paraísos fiscais. A comédia dramática é centrada na personagem Ellen Martin, uma viúva que descobre ter em mãos uma apólice de seguros falsa e que é interpretada por Meryl Streep. Além da diva, o longa conta ainda com a participação de Gary Oldman, que vive Jürgen Mossak, e Antonio Banderas, no papel de Rámon Fonseca. O filme foi candidato ao Leão de Ouro, o principal prêmio do Festival de Veneza, no ano passado e é assinado por Steven Soderbergh, diretor ganhou um Oscar por Traffic: Ninguém sai limpo e que dirigiu o sucesso de bilheteria Magic Mike

 

  1. Cheech e Chong Atacam Novamente

Além de títulos celebrados pelo público, a Netflix também tem opções para quem está afim de conhecer coisas novas. Cheech e Chong Atacam Novamente pode ser uma excelente pedida. O longa faz parte de uma franquia de sucesso nos EUA e é centrado em dois amigos hippies, interpretados por Cheech Marin e Tommy Chong, que perturbam a ordem das coisas. O filme é de 1980 e segue hilariante, vale a pena conferir. 

 

  1. Amália, a secretária

Se você é do tipo que se incomoda de assistir apenas filmes americanos, está aí uma ótima recomendação. Amália, a secretária é um longa colombiano, mas que não passou pelos cinemas aqui no Brasil. A sua exibição na telona aconteceu apenas no Cine Ceará de 2018. A narrativa é centrada em Amália, uma secretária de uma fábrica, do tipo durona e mergulhada em sua rotina. Tudo muda quando ela se apaixonada pelo “faz-tudo” Lázaro. A personagem, então, começa a se abrir para novas experiências e é nesse processo de autodescoberta que a gente se diverte. 

 

Comédias que nunca perdem a graça

  1. Meninas Malvadas

Um ícone da comédia dos anos 2000, Meninas Malvadas está disponível na Netflix. Esse é o tipo de filme que jamais será esquecido, até hoje as cenas do longa dão vida a diversos memes nas redes sociais e ainda alimenta muitas piadas internas em grupos de amigos. Inicialmente, Lindsay Lohan, que interpreta a protagonista Cady Heron, foi escalada para interpretar Regina George, a líder das meninas malvadas. A atriz, no entanto, pediu que seu papel fosse trocado, porque não queria que a sua imagem pessoal fosse contaminada pela vilã. Rachel McAdams foi selecionada para assumir o papel. 

 

  1. Um príncipe em Nova York

Quem cresceu nos anos 1990 – 2000, certamente lembrará deste filme com carinho. Presença certa nas tardes da TV aberta, Um Príncipe em Nova York não perdeu seu encanto. Em tempos de Black is King e luta antirracista, uma boa pedida pode ser essa comédia de costumes, estrelada pelo sempre aclamado Eddie Murphy. Príncipe de um país africano, Akeem (Murphy) viaja para os EUA querendo encontrar um amor verdadeiro. Sem querer atrair atenção para a sua herança, o personagem se propõe a levar uma vida de plebeu e começa a trabalhar em uma lanchonete. A narrativa se desenrola em torno da sua paixão por Lisa (Shari Hadley). Quem não gosta da história é o pai da moça, e chefe de Akeem, que despreza o rapaz por “não ser um bom partido”.

 

  1. Todo mundo em pânico

Quem curte uma comédia estilo “pastelão” vai se divertir com o icônico Todo Mundo em Pânico. A comédia é uma sátira aos filmes de terror de Hollywood e que, sim, ainda nos faz chorar de rir. Esse é outro filme, que é difícil sair da nossa memória. Quem não se lembra de cenas icônicas como a luta no ar entre Cindy (Anna Faris) e a morte (Dave Sheridan)? Ou da tagarelice de Brenda (Regina Hall) no cinema? Um fato curioso é que o longa é assinado por Keenen Ivory Wayans, que também dirigiu As Branquelas, outro clássico da comédia. E tem mais: Keenen é irmão dos atores Marlon Wayans e Shawn Wayans, que viveram Shorty e Ray, respectivamente. 

 

Comédias Nacionais

  1. O Homem do Futuro

Quem não gosta de uma comédia romântica para acalentar o coração? Fica melhor ainda quando ela é estrelada por Wagner Moura e Alinne Moraes. O homem do futuro é dirigido por Cláudio Torres (A mulher invisível) e conta a história de um cientista que volta acidentalmente no tempo. É nesse momento que o personagem vê a oportunidade de reconquistar a mulher da sua vida. O filme teve sucesso quando estava em cartaz nos cinemas, tendo levado 1,2 milhão de pessoas às salas de exibição em 2011, segundo dados do Filme B. 

 

  1. Meu passado me condena – o filme

Filme de Julia Rezende (De pernas pro ar 3), Meu passado me condena é estrelado por Fábio Porchat e Miá Mello. Os dois interpretam um casal, que embevecidos de amor, decidem zarpar em um cruzeiro. Só que a viagem, como já cantava Raça Negra, “não era amor, era cilada”. Chegando no navio, o casal dá de cara com os seus ex e aí a confusão é generalizada.

Tudo o que sabemos sobre:

Netflix

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: