Terceira temporada de ‘Candice Renoir’ traz de volta a habilidosa detetive e sua equipe

Terceira temporada de ‘Candice Renoir’ traz de volta a habilidosa detetive e sua equipe

Novos episódios da produção francesa chegam nesta quarta, 24, no AXN; reapresentação às segundas-feiras

Eliana Silva de Souza

24 de março de 2021 | 14h07

Cecile Bois, Mhamed Arezki e Gaya Verneuil, na série 'Candice Renoir' (Foto Nicolas Picard Dreyfus)

Cecile Bois, Mhamed Arezki e Gaya Verneuil, na série ‘Candice Renoir’ (Foto Nicolas Picard Dreyfus)

O canal AXN estreia nesta quarta-feira, 24, às 21h, a nova temporada da série francesa Candice Renoir, que é composta por dez episódios. E, para quem não conseguir assistir agora, fique tranquilo, pois toda segunda, às 22h, tem a reapresentação.

Não conhece ainda o seriado? Pois bem, a série policial mostra as investigações feitas pela equipe da comandante Candice Renoir, que é interpretada pela atriz Cécile Bois. Separada, mãe de quatro filhos, Candice ficou dez anos longe da profissão e retornou assumindo o posto de comando na Brigada Criminal da comunidade litorânea de Sète, no sul da França.

Seu início com os seus comandando não foi dos melhores, primeiro porque seu posto era almejado por Antoine, que será de ser seu subalterno, poi Candice foi colocada ali pela comissária Yasmine Attia (Samira Lachhab). Depois, a questão será, como ficar sob as ordens de uma mulher que passou tanto tempo apenas cuidando dos filhos e do marido? Sem ligar muito para o que seus colegas pensem dela, Candice logo de cara mostra suas habilidades em desvendar cenas de crime. Aos poucos, a policial vai conquistando a todos com seu jeito um tanto maternal e delicado, mostrando ter capacidade de sobra para o trabalho.

Sua equipe é formada pelos policiais Antoine Dumas (Raphaël Lenglet), Chrystelle Da Si (Gaya Verneuil) e Jean-Baptiste (Mhamed Arezki), mas com provável alterações no decorrer da produção.

Nesta terceira temporada, Candice terá muito trabalho pela frente, não apenas no lado profissional, mas também no pessoal, que é sempre complicado. Entre os casos que investigará, a policial precisará se infiltrar em alguns lugares inesperados. Terá de trabalhar em um restaurante como garçonete, estar em uma prisão como noiva de um detento e ainda dar uma de motorista de ônibus em uma empresa. Nada que a faça desistir de solucionar o caso, por mais complexo que pareça.

Sua determinação, irritante para os colegas, será colocada à prova logo no primeiro episódio, quando ela e sua equipe

Tudo o que sabemos sobre:

Canal AXNTelevisãoCécile Bois

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.