Série ‘Transplant’ difere de outras ao colocar em destaque o drama de médico sírio

Série ‘Transplant’ difere de outras ao colocar em destaque o drama de médico sírio

Produção canadense está disponível no Globoplay e terá dois episódios exibidos na Tela Quente desta segunda, 8; veja o trailer

Eliana Silva de Souza

08 de fevereiro de 2021 | 10h42

Elenco da série 'Transplant' (foto Globoplay)

Elenco da série ‘Transplant’ (foto Globoplay)

Criada por Joseph Kay, a série canadense Transplant: Uma Nova Vida começa com um grave acidente em um restaurante, quando um caminhão invade o local. Um dos atendentes do local consegue salvar os feridos e, para isso, usa métodos bem inusitados. Ele é Bash (Hamza Haq), um médico sírio, que escapou da guerra em seu país de origem, trazendo consigo sua pequena irmã Amira (Sirena Gulamgaus), já que os pais não sobreviveram a atentados.

Entre os acidentados que Bash ajuda está Jed Bishop (Jed Bishop), que é diretor do York Memorial Hospital de Toronto, e é gravemente ferido, sobrevivendo graças aos conhecimentos do jovem médico. E será essa atitude rápida para para contornar a situação em meio a um desastre e atender as várias vítimas usando o que encontra no local que possa resolver o problema, que Bash terá a chance de voltar a exercer a medicina, um sonho que ele persegue desde que saiu da Síria.

O ator Hamza Haq, que mora no Canadá desde os nove anos, chegou a cursar um período em Medicina, mas abandonou a área para se dedicar à interpretação. Talvez isso tenha contribuído para seu desempenho na série, que ganhou muito com sua participação como protagonista, dando vida a esse médico que procura se adaptar a essa nova realidade.

A primeira temporada, que tem 13 episódios, está disponível no Globoplay e a TV Globo exibe nesta segunda, 8, dois episódios na Tela Quente.

Série Transplant: Uma Nova Vida já tem confirmada sua segunda temporada.

 

 

 

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.