Série ‘Marcella’ nos faz mergulhar nos dilemas e conflitos de uma policial

Série ‘Marcella’ nos faz mergulhar nos dilemas e conflitos de uma policial

Eliana Souza

11 Junho 2018 | 11h51

E continuamos à procura de uma série que valha a pena assistir do começo ao fim. Aqui, mais uma dica, Marcella, uma produção britânica, que integra o catálogo da Netflix e acaba de estrear sua segunda temporada no canal. Grata surpresa, mas outra dessas obras que ficam escondidas, Marcella é escrita e dirigida pelo sueco Hans Rosenfeldt, criador da The Bridge.

Cena da série 'Marcella', com Anna Friel (foto: Netflix)

Cena da série ‘Marcella’, com Anna Friel (foto: Netflix)

Na história, acompanhamos a detetive Marcella, interpretada pela atriz Anna Fried, vencedora do Emmy Internacional por esse papel. Ela passou 12 anos dedicada a seu casamento, mas, certo dia, o marido decide se separar. Esse será mais um problema a ser agregado à já complicada vida de Marcella. Decidida a retomar sua profissão, ela volta a trabalhar no departamento de polícia e terá, de imediato, que ajudar a desvendar a ocorrência de vários assassinatos, nos quais o serial killer segue sempre o mesmo ritual. Captura as pessoas, que são mortas asfixiadas com um saco plástico e têm as mãos e pés amarrados.

Tudo leva a crer que se trata do mesmo criminoso que Marcella investigava antes de dar uma parada na carreira. Por isso mesmo, ela vai atrás do homem que ela acredita ser o responsável por essas mortes, o mesmo que perseguiu anteriormente. Ele agora está fora da prisão, mas não será fácil conseguir incriminá-lo novamente.

Mais do que mostrar a investigação criminal, a série Marcella traz essa mulher, que não tem nada de heroína, mas é inteligente, forte, capaz de elucidar casos complicados e também uma pessoa com diversos problemas, como nós mortais.

Tem de lidar com esse marido que quer a separação, filhos distantes e, para piorar, tem de tentar lidar com seus lapsos de memória.

Mais conteúdo sobre:

Séries de TVNetflix