Série antológica ‘Easy’ retorna para a sua temporada final na Netflix

Série antológica ‘Easy’ retorna para a sua temporada final na Netflix

Joe Swanberg, criador da série, espera 'visitar esses personagens novamente'; veja trailer

Estadão

05 de junho de 2019 | 10h35

Pedro Rocha
ESPECIAL PARA O ESTADO

Grande crônica da Netflix sobre os relacionamentos amorosos nos dias atuais, a série Easy está disponível no catálogo da emissora, em sua terceira e última temporada.

Cena da série 'Easy' (foto Netflix)

Cena da série ‘Easy’ (foto Netflix)

Ambientada em Chicago, nos EUA, a série segue um formato antológico, com diferentes histórias a cada episódio e que não se relacionam entre si. Muitas das tramas, porém, ganharam continuidade na segunda temporada e seguem, também, na terceira, na qual retornam nomes como Dave Franco, que vive o personagem Jeff, visto nas duas temporadas anteriores, e Gugu Mbatha-Raw, que apareceu na primeira temporada como Sophie.

A temporada final de Easy foi escrita e dirigida inteiramente por seu criador, Joe Swanberg. O cineasta, que também já dirigiu para a Netflix episódios da série Love, é considerado um dos mais proeminentes nomes das histórias ‘mumblecore’, um gênero do cinema alternativo conhecido por produções de baixo custo, cheias de improviso e que geralmente falam sobre relacionamentos. A nomenclatura ‘mumblecore’ pode ser usada, também, para definir a chamada “geração do resmungo”.

A Netflix pouco divulgou sobre a última temporada antes da estreia: um trailer, com cenas repletas de citações a aplicativos de relacionamentos, e uma pequena descrição dos últimos episódios. “Easy retorna com algumas caras novas e alguns dos personagens favoritos, que navegam pelo labirinto moderno do amor, sexo, tecnologia e cultura em Chicago”, anuncia.

Swanberg, porém, concedeu uma entrevista à rede americana ABC. Segundo ele, apesar de ter escrito já sabendo que seria a temporada final, optou por não dar um “fim” aos personagens. “Não terminei com ganchos que não poderia resolver, mas a série deixa um final aberto. Toda temporada terminou com algumas ambiguidades, não vai ser diferente na final”, explicou. “A vida continua, não tem ‘fins’”, brincou.

Apesar da série ter sido cancelada, Swanberg ainda tem esperança de resgatar as histórias no futuro. “Posso estar delirando, mas realmente espero que a gente possa visitar esses personagens novamente”, disse. “Easy termina como uma série anual e antológica, mas não está no modelo da Netflix.”

 

Tudo o que sabemos sobre:

TelevisãoNetflix

Tendências: