‘Se ele assistir, vai rir bastante’, espera Tom Cavalcante sobre imitação de Bolsonaro

‘Se ele assistir, vai rir bastante’, espera Tom Cavalcante sobre imitação de Bolsonaro

Humorista estreia nesta segunda, 29, a nova temporada do programa 'Multi Tom', que vai ao ar no canal Multishow

Eliana Silva de Souza

29 de abril de 2019 | 12h28

Estreia nesta segunda, 29, às 22h30, no Multishow, a quarta temporada do Multi Tom. Novamente veremos Tom Cavalcante se desdobrando em inúmeros personagens e fazendo imitações até do presidente Jair Bolsonaro. Por e-mail, Tom conta o que terá nessa nova fase.

Como você cria um personagem, se inspira em alguém?

Criar um personagem vem da convivência com alguém engraçado que habitou a minha infância, a minha juventude e por aí vai, esse é um aspecto. O outro a ser observado é que nasce na leitura de um texto que o autor propõe. Tem alguns tipos inéditos que vou dando vida, como foi o caso agora da Dra. Darci, inspirado em uma professora de canto.

O que terá nessa temporada?

Convidados maravilhosos cantando e mostrando seu lado bem humorado, sem formalidades. Nos musicais, cada um escolheu cantar com uma das minhas imitações. Luiza Sonza quis cantar com Tomberto Carlos, Roberto Justus, com Elton Jhon, Mumuzinho de Alcione, com Benito de Paula, Gabi Amarantos, com Falcão. Temos Dra. Darci entrevistando e analisando alguns deles.

Tom Cavalcante imita o presidente Jair Bolsonaro, no Multi Tom (foto Multishow)

Tom Cavalcante imita o presidente Jair Bolsonaro, no Multi Tom (foto Multishow)

Acha que o presidente vai gostar das imitações?

Se ele assistir, vai rir bastante.

Como vê o humor hoje em dia, que nomes você destacaria?

O humor está aí em plena ebulição, com estilos para todos os gostos! Curto humor que retrata nossos costumes, humor por humor – e aí vale destacar Whinderson Nunes, Tirulipa, Mauricio Meireles, Mateus Ceará, Porpetone, Léo Lins, Danilo Gentili, Galetto, Carioca, Emerson Ceará, Fabiana Karla, Lucas Veloso, Rafa Cunha, Fábio Rabin.

Humor precisa ter limites?

Se for humor, não. O que precisa de limite é rodovia e bom senso!

 

Tudo o que sabemos sobre:

TelevisãoHumorMultishowTom Cavalcante

Tendências: