Pyongyang vai às vias de fato, no longa ‘Steel Rain’, disponível na Netflix

Pyongyang vai às vias de fato, no longa ‘Steel Rain’, disponível na Netflix

Estadão

06 Junho 2018 | 13h30

Pedro Venceslau

Desde o lançamento do controverso A Entrevista em 2015, uma produção não “invade” tão bem a Coreia do Norte como o longa coreano Steel Rain, disponível na plataforma Netflix.

A diferença entre os dois é o gênero. Enquanto o filme norte-americano com James Franco é uma comédia rasgada, a obra sul-coreana é um thriller político de ação que em alguns momentos lembra Duro de Matar.

'Steel Rain': Conspiração golpista para derrubar Jong-il (foto: Netflix)

‘Steel Rain’: Conspiração golpista para derrubar Jong-il (foto: Netflix)

O pano de fundo se alterna entre Seul e o regime de Pyongyang, o mais fechado do mundo. A “visita” ganha um gostinho especial nesse momento em que o mundo assiste espantado a aproximação entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder norte-coreano Kim Jong-un.

Se um encontro entre eles é possível na vida real, até o mais improvável dos roteiros ganhe verossimilhança. Steel Rain foi um sucesso retumbante na Coreia do Sul quando entrou em cartaz em dezembro do ano passado.

Já a chegada à Netflix passou desapercebida. O longa caiu na vala dos filmes exóticos, mas merecia um tratamento melhor. A história se passa em um ano não determinado e mostra uma conspiração golpista em curso para derrubar Kim Jong-un, o excêntrico herdeiro político de Kim Jong-il que chegou ao poder em 2011.

As primeiras cenas convencem ao mostrar a histeria coletiva dos devotos do líder, a rotina austera da população e os bastidores do governo.

Enquanto o caldeirão da traição se forma no lado norte, o sul vive uma delicada transição política.

Como costuma acontecer na rotina política real sul-coreana, o presidente belicoso em fim de mandato prepara a transição para o rival político moderado. Um agente leal ao governo é recrutado para tentar impedir o ataque iminente.

Ele falha na missão, mas diante do caos que se formou na região da fronteira consegue fugir com  o grande líder para outro lado. Inicia-se então uma bem ensaiada perseguição.

O ponto alto, porém, é o choque de cultura que resulta da parceria forçada entre um integrante do primeiro escalão do governo sul-coreano e o agente leal ao regime  vermelho incumbido de proteger o ditador ferido.

O longa descamba em alguns momentos, quando força a mão para mostrar o abismo entre a prosperidade de Seul em contraste a Pyongyang. Mas mesmo no momento que a tensão envereda para ação pura e simples, Steel Rain não deixa a desejar.

**

O Multishow programou para este mês de junho a exibição de três episódios do seriado Chapolin, que são inéditos no País. Na sexta-feira, 8, os fãs poderão conferir Duas Vezes Chapolin; dia 15, Um Hotel Nada Agradável; e dia 20, Um Defunto Bastante Morto / O Gato e o Chimpanzé. Sempre no horário das 23h30.

 

 

Mais conteúdo sobre:

Netflix