‘Mundo Medina’ chega à sétima temporada e diretor diz que para ele surfista é ‘um herói’

‘Mundo Medina’ chega à sétima temporada e diretor diz que para ele surfista é ‘um herói’

O diretor da série Henrique Daniel fala sobre a vivência com o atleta; produção vai ao ar às 21h, no canal Off

Eliana Silva de Souza

13 de maio de 2019 | 12h51

Começa nesta segunda, 13, a sétima temporada de Mundo Medina, que vai ao ar às 21h, no canal Off. Programa acompanha o campeão mundial de surfe Gabriel Medina e conta com a direção de Henrique Daniel, que fala ao Estado sobre essa experiência de conviver com o jovem atleta.

Série acompanha vida do surfista Gabriel Medina (foto canal Off)

Série acompanha vida do surfista Gabriel Medina (foto canal Off)

Após tantas temporadas, o que terá de novidade?

A cada temporada alcançamos uma proximidade maior, mostrando cada vez mais o que acontece nos bastidores na vida de Gabriel Medina. Fora o fato de estarmos mostrando o cotidiano do agora único bicampeão mundial de surfe, teremos novos destinos, novas amizades e desafios.

Como é ver esse jovem atleta se superando?

O fato de ter visto de perto toda a trajetória e viradas históricas que o Gabriel já fez, nos últimos segundos de várias competições, é muito inspirador. Me sinto privilegiado em poder compartilhar com milhões de pessoas esse exemplo de superação que é o Gabriel, sempre incentivando todos a acreditarem que tudo é possível, desistir jamais. Uso isso de exemplo na minha vida profissional e pessoal.

Quais dificuldades precisam enfrentar para conseguir filmar?

Filmar o surfe requer uma logística um pouco complexa, muitas vezes as melhores ondas ficam em lugares de difícil acesso, e, para garantir o melhor resultado, na maioria das vezes temos que contar com dois cinegrafistas, um dentro d’água e outro fora. O surfe é um dos poucos esportes que requer um cinegrafista especializado. São poucos com experiência necessária para registrar esse esporte da melhor forma possível, conseguindo acompanhar o movimento do surfista, o ‘time’ das manobras e o enquadramento certo.

Quais momentos destacaria nesse tempo ao lado dele?

Sem dúvida os momentos mais marcantes foram os dois títulos mundiais, o de 2014 e o de 2018, por eu ter acompanhado de perto todo o esforço e tudo o que ele teve de abrir mão para alcançá-los.

Quem é Medina para você?

Um herói. Acho que é a melhor palavra para defini-lo.

 

Tudo o que sabemos sobre:

TelevisãoGabriel MedinaCanal Off

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.