Filme sobre Sérgio Vieira de Mello, com Wagner Moura, é uma das estreias da Netflix

Filme sobre Sérgio Vieira de Mello, com Wagner Moura, é uma das estreias da Netflix

A nona temporada da série 'The Walking Dead' também chega esta semana ao catálogo

Eliana Silva de Souza

15 de abril de 2020 | 17h53

Quem está em casa, sem colocar os pés na rua, colaborando com a luta contra a pandemia do coronavírus, tem passado horas na frente da TV, buscando atrações para preencher seu tempo. Para os que gostam de acompanhar a Netflix, aqui vão as novidades, que chegam entre quarta, 15, e sexta-feira, 17, ao catálogo da operadora.

Filme 'Sergio', com Wagner Moura (foto Netflix)

Filme ‘Sergio’, com Wagner Moura (foto Netflix)

Começando pelas atrações desta quarta, 15, com a estreia da nona temporada da série The Walking Dead. Com o fim da guerra, Rick espera que os sobreviventes consigam superar as diferenças. Mas o perigo vem de todos os lados e ameaça a paz recém-conquistada.

Tem a nova Outer Banks, que traz a história de um grupo de adolescentes que descobre um antigo segredo e embarca em uma aventura inesquecível. E estreia também o documentário O DNA da Justiça, que revela as injustiças cometidas, que resultam em condenações criminais equivocadas, baseadas em erros. Na quinta, 16, será a vez da terceira temporada de Fauda, que mostra um jovem pugilista em busca de um líder do Hamas.

Na sexta, 17, destaque para o filme Sergio, que traz o ator Wagner Moura interpretando o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello da ONU, que foi morto em um atentado no Iraque, em 2003. A direção é de Greg Barker.

**

Cannes é aqui
Um dos maiores eventos de cinema, o Festival de Cannes foi adiado por causa do coronavírus. Mas o Canal Brasil vai dar um jeitinho de manter o sotaque francês por aqui. Em maio, a emissora terá programação especial com filmes brasileiros e estrangeiros que foram exibidos no festival nas últimas edições. Entre os títulos, está o internacional Em Chamas e o nacional A Vida Invisível, vencedor da mostra Um Certo Olhar em 2019.

**

História de vida
Cantora que atravessa gerações deixando sua marca na história da música brasileira, Elza Soares é tema de documentário, que será exibido no dia 20, às 22h05, no Canal Curta!. My Name Is Now, Elza Soares é dirigido por Elizabete Martins Campos e tenta desvendar essa mulher, que superou adversidades e se firmou como um ícone nacional.

**

Partituras on-line
Nessa fase de isolamento social, todos procuram alternativas para chegar ao seu público. É o caso dos cursos realizados pela Revista Concerto, especializada em música clássica. Ao todo, são seis cursos, cada um com quatro aulas. Para manter o distanciamento social, as aulas serão transmitidas ao vivo pela internet (o aluno recebe um link para ter acesso). Leonardo Martinelli ministra o curso Introdução à história da música; Camila Fresca – Mulheres na música; João Marcos Coelho – A fascinante relação entre os clássicos e o jazz; João Luiz Sampaio – Verdi versus Wagner; Irineu Franco Perpetuo – Música e literatura; e Helen Gallo – O piano de Beethoven. Informações: www.concerto.com.br

**

Horizonte ampliado
Uma ação bem legal foi colocada no ar pela TV Cultura. Trata-se de um vídeo com o garoto João Pedro Nascimento, de 11 anos, que é surdo e interpreta em Libras a música Lavar as Mãos no vídeo que marcou época no seriado Castelo Rá-Tim-Bum. A ideia veio do próprio João Pedro, que postou sua versão da música de Arnaldo Antunes nas redes sociais, chamando a atenção da emissora.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: