Com trama ágil, autor de ‘Segundo Sol’ sela destino de protagonistas em apenas uma semana

Com trama ágil, autor de ‘Segundo Sol’ sela destino de protagonistas em apenas uma semana

Adriana Del Re

23 Maio 2018 | 12h39

O autor João Emanuel Carneiro tem como uma de suas principais marcas as grandes reviravoltas ao longo das tramas. Ele também não demora muito para ir direto ao ponto. Em Segundo Sol, João Emanuel selou o destino de seus mocinhos uma semana após a estreia da novela das 9 – o primeiro capítulo foi ao ar no dia 14.

Na segunda-feira desta semana, 21, Luzia (Giovanna Antonelli) foi condenada a 25 anos de prisão após matar, por acidente, o pai de seus filhos para defender Beto (Emilio Dantas), que ela conheceu como Miguel; e Beto acorda do coma. A partir desse momento, a vida dos dois seguirá caminhos distintos.

Giovanna Antonelli como Luzia, na prisão. Foto: TV Globo

Começará também a jornada da heroína Luzia para reconstruir sua família. E a tal lei do retorno usada como premissa no folhetim anterior, O Outro Lado do Paraíso, de Walcyr Carrasco, deve voltar a mexer também com o destino dos personagens de João Emanuel. Talvez a conta não demore a chegar aos vilões.

Após fugir da prisão, Luzia conseguirá fazer sua vida como DJ no exterior – a última vez que a marisqueira deve ver seu grande amor, Miguel, nessa primeira fase da novela, será no capítulo desta quarta, 24, quando ela, já está do lado de fora do presídio, ouve o rapaz a chamando.

Os mocinhos são bem construídos e bem interpretados por Giovanna e Emilio, mas os vilões de João Emanuel sempre são um capítulo à parte. Em Segundo Sol, o mau caráter Remy (Vladimir Brichta) não passa de um fantoche na mão das vilãs, Laureta (Adriana Esteves) e Karola (Deborah Secco), amorais e ambiciosas. Com doses de canalhismo e bom humor, Laureta é a mente criminosa (diabólica) da dupla e ajuda a aliada, Karola, nos bastidores dos crimes.

Adriana Esteves faz vilã como poucas. A busca de vestígios de Carminha em Laureta é inevitável, e a vilã de Avenida Brasil até aparece num jeito de falar ou outro. Mas a Laureta de Adriana Esteves não é nada recatada e do lar, como Carminha gostava de passar a imagem. Muito pelo contrário, como já avisava o autor antes de a novela estrear. É outro grande momento da atriz.

Mais conteúdo sobre:

Segundo SolJoão Emanuel Carneiro