Com ótimas atuações, ‘Manhunt: Unabomber’ traz história intensa de caça a serial killer

Com ótimas atuações, ‘Manhunt: Unabomber’ traz história intensa de caça a serial killer

Eliana Silva de Souza

18 de julho de 2018 | 08h36

Uma série de tirar o fôlego e que faz você quebrar a cabeça para acompanhar o raciocínio dos investigadores. Trata-se de Manhunt: Unabomber, que está disponível na Netflix e mostra a caçada épica do FBI a um serial killer, tudo baseado em uma história verdadeira.

A trama é em cima do criminoso Ted Kaczynski, interpretado pelo ator Paul Bettany. Ele é um sujeito estranho, muito inteligente, um matemático, mas que, por motivos que vamos descobrir no decorrer da história, acaba se transformando em um perigo para a sociedade. Isso porque, no período de 1978 a 1995, Ted mata três pessoas e fere mais 23. Como? Enviando bombas caseiras, montadas por ele, através do correio, dentro de caixas ou em cartas.

Sam Worthington e Paul Bettany em cena da série 'Manhunt: Unabomber' (foto: Netflix)

Sam Worthington e Paul Bettany em cena da série ‘Manhunt: Unabomber’ (foto: Netflix)

O Unabomber, como ficou conhecido, é uma pedra no sapato das autoridades. E o FBI monta um esquema especial para estudar seus atos e tentar desvendar sua identidade. O que é bem difícil, dada a esperteza de Ted, que não deixa rastros para isso.

E é aí que entra em cena o agente Jim Fitzgerald, o Fitz, que ganha a densidade do ator Sam Worthington, um traçador de perfis, que é convocado para integrar essa força-tarefa e tentar resolver de vez essa arrastada investigação. A partir de sua chegada, vamos juntos com ele tentar desvendar o raciocínio de Ted, como ele pensa, como planeja os atentados. E Fitz mergulha com tudo nessa tarefa, deixando de lado a família, o que resultará em problemas, claro.

O método usado por Fitz é minucioso e contará com a ajuda de alguns colaboradores, mas, mais que isso, ele será insistentemente pressionado pelo superior. Há pressa em resolver o assunto, prender o criminoso e colocar as coisas nos seus lugares. E será em uma jogada muito arriscada que Fitz conseguirá se aproximar da solução. Através da leitura das cartas e de um manifesto do Unabomber.

**
O escritor cubano Leonardo Padura é o convidado da primeira edição do programa Singulares, da TV Brasil, que será exibido nesta quinta, 19, às 21h15, com reprise na sexta, às 6h. A nova atração apresenta ideias e histórias partilhadas por pessoas de diversas nacionalidades, que são destaque em sua área de conhecimento. A cada episódio, um convidado diferente, que fala de sua área de atuação. Serão nomes da música, literatura, cinema, jornalismo, arte e ciência.

 

Tendências: