Após Fernanda Montenegro ser assunto nas redes como justiceira, ‘A Dona do Pedaço’ entra em nova fase

Após Fernanda Montenegro ser assunto nas redes como justiceira, ‘A Dona do Pedaço’ entra em nova fase

Adriana Del Re

27 de maio de 2019 | 19h25

A cena da chacina cometida por Dulce, interpretada pela atriz na novela das 9, foi uma das mais comentadas no final de semana; nesta segunda-feira, 27, a trama avança 20 anos

A atuação de Fernanda Montenegro é sempre surpreendente. Ela vai da doçura à raiva de uma forma que só grandes atrizes conseguem. Sem pieguismo, sem caricaturas. Com sua personagem Dulce, a líder de uma família de justiceiros, os Ramirez, na novela das 9, A Dona do Pedaço, Fernanda fez essa transição numa mesma cena, que foi ao ar na sexta-feira, 25.

Nela, sua Dulce chega à casa dos rivais, a família Matheus, e, resignada – algo impensável para essa personagem que lidera um clã com mãos de ferro –, ela pede bandeira branca e até ameaça se ajoelhar diante de Miroel Matheus (Luiz Carlos Vasconcelos), para saber notícias das duas bisnetas desaparecidas. Elas sumiram depois que integrantes da família Ramirez foram jurados de morte.

Nesse momento, Dulce engata um diálogo doloroso com Miroel – num jogo de interpretação impecável entre Fernanda e Vasconcelos, dois atores de estofo, experientes e cujas formações foram sedimentadas fora da TV. Ela ouve as piores notícias que poderia receber. Uma das meninas estaria morta e a outra, perdida na cidade de Vitória.

Fernanda Montenegro em cena como Dulce. Foto: TV Globo/Reprodução

Existe um certo tom de desdém, de deboche na fala de seu rival. A raiva, então, toma o corpo, a alma de Dulce. E aquela senhora aparentemente fragilizada saca uma arma e comete uma chacina da família. É atingida com um tiro, mas ainda assim consegue derrubar o último rival da cena, o filho de Miroel, Vicente (Álamo Facó). Cambaleando, ela coloca fogo em tudo e parte para sua casa, para avisar aos seus que as meninas estão vivas, antes de dar o último suspiro e morrer.

O talento de Fernanda nessas sequências chamou a atenção do público, que a elogiou nas redes sociais – e se tornou assunto nas redes durante o final de semana. Não deveria ser assim, mas as interpretações profundas não são regra na televisão. Há muitos atores com desempenhos sofríveis, sobretudo vindos de gerações mais novas, que despontam em um determinado papel, viram aposta, mas não se sustentam em outros personagens.

Quem imaginaria que Fernandona faria uma justiceira depois de tantos anos de carreira, tantos grandes personagens colecionados? Dulce acabou sendo um presente do autor da novela, Walcyr Carrasco, à atriz, desafiando-a mais uma vez. E Fernanda não nega fogo em um desafio.

A morte de sua personagem – e a missão passada para sua neta, Maria da Paz (Juliana Paes) – foi um dos fechamentos da primeira fase da novela, que inicia nesta segunda, 27, uma nova fase. Passaram-se 20 anos, e Maria da Paz, uma das juradas de morte pelos Matheus e que, por isso, precisou fugir de sua cidade, surge agora como uma grande empresária, a dona da rede de confeitarias Bolos da Paz.

Extravagante, Maria mora em um apartamento luxuoso, com a filha Josiane (Agatha Moreira), fruto de seu relacionamento com Amadeu (Marcos Palmeira). Entram também na trama novos personagens. E, ao melhor estilo Walcyr Carrasco, reviravoltas estão previstas para essa nova fase. E não devem demorar muito para acontecer.

Tudo o que sabemos sobre:

Fernanda MontenegroA Dona do Pedaço

Tendências: