As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Vire um editor digital

Ricardo Lombardi

08 de abril de 2013 | 15h27

flipboard_2.jpg

Li na Carta do Editor, da Editora Abril:

“Ele fez sucesso como um agregador bem pessoal do conteúdo em sites e redes sociais. Agora, com sua autoproclamada versão 2.0 chegando ao mercado, o Flipboard se pretende algo maior: um editor de revistas digitais – bem pessoal. Não se fala aqui das versões adaptadas ao Flipboard já produzidas por marcas como Rolling Stone, Grazia e Vanity Fair. Agora, é o usuário quem vai montar sua publicação com notícias próprias, retiradas de outras fontes presentes no agregador ou mesmo encontradas na web. No primeiro dia de funcionamento, nada menos do que 100 mil revistas (bem pessoais) foram criadas.”

Leia mais nesta matéria publicada pelo Guardian.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: