Tempo: EUA exportam ansiedade
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Tempo: EUA exportam ansiedade

Ricardo Lombardi

04 de dezembro de 2009 | 06h24

 harold-lloyd-help

O tema deste texto publicado na Smart Set é o seguinte: além de exportarem a cultura pop, os restaurantes “fast food” e a “democracia” para o resto do mundo, os americanos exportam a ansiedade em relação ao tempo. A autora da matéria, Jessa Crispin, usa como base o livro “Time“, da polonesa Eva Hoffman, que examina a maneira como nós entendemos e experimentamos o conceito de “tempo”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.