As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

#sugestãodeleitura: “Gênios que nunca escreveram”

Ricardo Lombardi

18 de abril de 2012 | 00h26

goethe.jpg

Sugestão de leitura: o texto “Gênios que nunca escreveram“, do jornalista e escritor Michel Laub, publicado no blog da editora Companhia das Letras. Um trecho:

“‘Nesta geração, é visível que as gentes que escrevem melhor não escrevem livros. Escrevem blogues durante uma época, fazem umas graças, depois talvez twitter. Depois param de escrever, ou gastam o talento em jornalismo ou outras coisas abaixo deles”. A opinião é de Alexandre Soares Silva, ele mesmo um escritor muito bom e engraçado, e segue num tom talvez a sério, talvez não, provavelmente as duas coisas: “Entendi que sempre deve ter sido assim: que no mundo sempre houve Goethes que escreveram um soneto ou dois, que mostraram para os amigos e depois foram fazer outra coisa (…). Flauberts que não se deram ao trabalho de escrever um livro, porque acharam a busca pela glória uma boçalidade.”

Desde o início do ano estou tentando iniciar um romance, e ao menos numa coisa concordo com os tipos descritos por Alexandre: o universo se expande, o tempo é ilusório e tudo é triste, e diante disso é penoso se dedicar a uma luta que sempre tem algo de ridículo. (…)”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.