As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Robert Hughes 1938-2012

Ricardo Lombardi

07 de agosto de 2012 | 11h31

HUGHES_obit_sfSpan.jpeg

O obituário do New York Times está neste link. Preciso e completo. Com a sua morte, escrevem esta terça-feira os jornais americanos e britânicos, perde-se “uma referência na forma de comunicar a arte e os artistas, que chegou ao grande público durante décadas por meio da revista Time, onde trabalhava como principal crítico de arte, e da televisão, sob a forma de um documentário de oito episódios em que Hughes traçava a história do modernismo, desde os impressionistas até Andy Warhol. The Shock of the New, que passou na BBC e na PBS, foi visto por mais de 25 milhões de pessoas e veio a ter uma versão em livro que se tornou um gigantesco sucesso de vendas.”

Abaixo, a parte 1 de um documentário de 1975 sobre Caravaggio: