As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Robert Crumb: "O futuro vai ter muito mais aparelhos eletrônicos para fiscalização"

Ricardo Lombardi

05 de outubro de 2009 | 06h19

“O que acho das utopias? Na verdade, penso mais nas distopias, num mundo que se transforma em pesadelo. Por exemplo: no futuro, é bem possível que todas as medidas de segurança que temos hoje e de que não gostamos, como quando viajamos de avião e precisamos ser revistados, tirar os sapatos, essas coisas, creio que esse tipo de segurança só vai aumentar. As pessoas vão ver com nostalgia os tempos atuais como um tempo de segurança muito branda. Quem sabe? Acho que o futuro vai ter muito mais aparelhos eletrônicos para fiscalização. As pessoas podem até decidir implantar algo no corpo, um chip eletrônico para determinados tipos de revista de segurança. Então se você tem um chip, ele abre automaticamente as portas para você. Vai começar com os ricos. Eles vão achar vantajoso ter esse chip: o implante diz quem eles são e por que estão fazendo isso, não precisam ser interrogados, enquanto as pessoas comuns ainda precisariam ser interrogadas e humilhadas. O chip vai ser uma vantagem, então todo mundo vai querer um.”

Robert Crumb, em entrevista a Hans Ulrich Obrist (Via blog do Armando Antenore).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: