"Podemos sonhar com a felicidade…"
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

"Podemos sonhar com a felicidade…"

Ricardo Lombardi

12 de dezembro de 2008 | 06h04

Circular: “Não se pode sustentar que a civilização por si mesma faz os homens ‘mais felizes’ do que eles são na condição selvagem.” (Frank Knight, 1922).

“A felicidade é a satisfação ulterior de um desejo pré-histórico. Eis por que a riqueza proporciona tão pouca felicidade; o dinheiro não é um desejo infantil.” (Freud, 1902).

“Segundo Kant, a felicidade é a satisfação de todas as nossas inclinações e de todos os nossos desejos. Por isso, o conceito é indeterminado: todos nós desejamos ser felizes, mas ninguém sabe exatamente como conseguir isso. Para Kant, seria necessário um ‘todo absoluto, um máximo de bem-estar em meu estado presente e em toda minha condição futura’. Seguramente, isso é algo que nenhum elemento empírico é capaz de proporcionar. Consequentemente, a felicidade aqui na Terra é algo inacessível e mesmo impensável em seus detalhes. Teremos sempre desejos insatisfeitos e, em consequencia disso, jamais seremos plenamente felizes. Kant acredita que é justamente por isso que a felicidade é um ideal ‘que não procede da razão, mas sim da imaginação’. Podemos sonhar com a felicidade, mas jamais chegaremos a conhecê-la e, muito menos, vivê-la.” (André Comte-Sponville).

Fontes: “A mais bela história da felicidade” e “O livro das citações”. para ilustrar, trabalho de Matthew Barney.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: