Pequena Fábula
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Pequena Fábula

Ricardo Lombardi

11 de fevereiro de 2009 | 06h04

Circular: “‘Ah’, disse o rato,’o mundo torna-se a cada dia mais estreito. A princípio era tão vasto que me dava medo, eu continuava correndo e me sentia feliz com o fato de que finalmente via à distância, à direita e à esquerda, as paredes, mas essas longas paredes convergem tão depressa uma para a outra, que já estou no último quarto e lá no canto fica a ratoeira para a qual eu corro.’ ? ‘Você só precisa mudar de direção’, disse o gato e devorou-o.” (Franz Kafka, “Pequena Fábula”, tradução de Modesto Carone).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.