O mundo "pós-ideia" em que vivemos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O mundo "pós-ideia" em que vivemos

Ricardo Lombardi

16 de agosto de 2011 | 22h05

Um texto (em inglês) que vale a pena ler: Neal Gabler, autor de “Walt Disney: The Triumph of the American Imagination“, escreveu um ensaio para o New York Times sobre o fim da era das Grandes Ideias: “The Elusive Big Idea“. Segundo Gabler, se as ideias parecem menores hoje em dia não é porque somos mais estúpidos mas porque simplesmente não nos importamos mais com elas quanto os pensadores do passado. Para o autor, estamos vivendo num “mundo pós-ideia”  — um mundo no qual ideias boas e provocadoras que não podem ser “monetizadas” instantaneamente valem pouco. Recomendo. Na foto acima, tirada do artigo: Marie Curie, Albert Einstein, George Washington Carver e Betty Friedan (na fileira de cima); Charles R. Drew, Germaine Greer, John Maynard Keynes e Marshall McLuhan.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: