As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O “Guardian” e a globalização das reportagens investigativas

Ricardo Lombardi

01 de outubro de 2013 | 14h30

guar.jpeg

Sugestão de leitura para quem acompanha de perto o mundo da mídia: na edição desta semana da revista New Yorker, texto de Ken Auletta sobre o jornal inglês The Guardian. “Liberdade de informação — Um jornal britânico quer globalizar as suas agressivas reportagens investigativas, mas o dinheiro está acabando“. (Em inglês). Na foto acima, Alan Rusbridger, o editor do Guardian. Um colega dele diz: “Sua aparência física não deixa transparecer o quanto ele é durão”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.