As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O filho eterno

Ricardo Lombardi

05 de novembro de 2007 | 08h07

Uma sugestão de leitura: a entrevista do escritor Cristovão Tezza ao jornalista Armando Antenore, publicada na Bravo!. “Sem nenhuma preocupação de se refugiar em eufemismos, o pai protagoniza “O Filho Eterno”, novo romance de Cristovão Tezza. Homem de um racionalismo brutal, o personagem lança mão de reflexões tão cruéis quanto corajosas para relatar o que significa conceber e educar até a fase adulta um portador de alterações genéticas graves. Frustração, espanto, desespero e mesquinharias assombram impiedosamente o anti-herói, um dos mais complexos que a literatura brasileira ousou produzir”, escreveu Antenore.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.