As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Notícias ruins para os jornais

Ricardo Lombardi

08 Fevereiro 2008 | 08h14

Praticamente todas as notícias ruins sobre a indústria dos jornais diários estão nesta matéria do New York Times. “What is happening now (no negócio “jornal”) is something new, something more serious than anyone has experienced in generations,” escreve o repórter. Destaques do texto: alguns dos maiores jornais americanos, como o San Francisco Chronicle, o Boston Globe e o Los Angeles Times, perderam entre 30 e 40 por cento da circulação em apenas alguns anos; a maioria dos jornais cortou o número de jornalistas e está fazendo menos reportagens, especialmente no exterior; pode demorar de 5 a 10 anos para os jornais se estabilizarem financeiramente, e muitos dos jornais que sobreviverem ficarão menores e praticarão um jornalismo menos ambicioso. Vale a pena ler. O jornal Meio & Mensagem e as revistas de negócios poderiam fazer uma versão brasileira dessa matéria. Se vale para os Estados Unidos, deve valer para o Brasil. A coisa tá feia.