Livros do ano: "Guardian" e "New York Times"
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Livros do ano: "Guardian" e "New York Times"

Ricardo Lombardi

09 de dezembro de 2009 | 06h22

bragg-ishiguro-bakewell-c-001

Dica que pesquei no blog da Flip:

“A dica chega atrasada, mas vale a pena ler a matéria do Guardian da semana passada com os melhores livros do ano eleitos por escritores, editores, cineastas e até chefs de cozinha e estilistas de peso. Cada um puxou a sardinha para sua própria área, o que dá uma dimensão abrangente das boas publicações lançadas durante este ano segundo a pesquisa do Guardian.  O New York Times também acaba de publicar sua lista dos mais notáveis de 2009, seleção feita anualmente pelo jornal desde 1999.

Uma comparação entre as listas mostra que, dos 76 livros citados pela matéria do Guardian e dos 100 eleitos pelo Times, há somente oito em comum. É claro que a aproximação tem seus limites, já que os consultados do Guardian têm formação mais heterogênea, o que dá margem para a presença de muitos livros de não-ficção. De qualquer forma, o romance Brooklyn, de Colm Tóibín (FLIP 2004), e a reunião de poemas Rain, de Don Paterson, citados várias vezes na pesquisa do Guardian, não figuram na lista do Times. (…)”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.