"Há mais miseráveis ou internautas no planeta?"
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

"Há mais miseráveis ou internautas no planeta?"

Ricardo Lombardi

29 de abril de 2009 | 06h47

Boa sacada do Rogério Pacheco Jordão, lá no blog dele. Transcrevo abaixo:

“Dois dados publicados recentemente pela revista britânica The Economist nos permitem uma comparação curiosa (é realmente apenas uma curiosidade).

O primeiro número, atribuído ao Banco Mundial, dá conta de que cerca de um quarto da população mundial, ou 1,4 bilhão de pessoas, vive em situação de ‘pobreza extrema’ (com menos de US$ 1,25 por dia).

O outro número citado pela revista mostra que há 1 bilhão (a cada dia que passa, um pouco mais) de usuários de Internet no mundo.

Ou seja: há mais miseráveis do que internautas – e isto apesar do número de usuários da rede crescer continuamente e o de miseráveis nas últimas duas décadas ter caído (e aqui parto do pressuposto de que quem vive com menos de US$ 1,25 ao dia não tenha acesso a computadores).

E a atual crise não ajuda no placar miseráveis x internautas: o Banco Mundial prevê que a recessão global poderá levar entre 40 milhões e 90 milhões de pessoas para a situação de pobreza extrema.

Enfim, números, números, números…”.

Para ilustrar, “Lost Cloud” (1937), foto de Andre Kertsz.