Generosidade para todos
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Generosidade para todos

Ricardo Lombardi

23 de junho de 2009 | 07h10

“Não é preciso ser Gandhi ou Madre Teresa para fazer o bem aos outros. As pequenas doações do dia a dia contam, e muito, para ajudar o próximo e fazer deste planeta um lugar melhor”, informa esta reportagem de Jeanne Callegari, publicada na capa da Vida Simples. “Não é necessário ter uma fortuna, índole de santo ou algum poder para fazer o bem. Também não é preciso esperar grandes tragédias se abaterem sobre a população, como as enchentes de Santa Catarina e o furacão Katrina. Oportunidades para praticar a generosidade aparecem para todos nós, todo dia. Muitas vezes as desperdiçamos, por achar que temos quase nada a oferecer. Valorizamos e exaltamos a generosidade, mas achamos que ela é para poucos, para aquelas pessoas iluminadas que nasceram para fazer o bem. Nada poderia ser mais equivocado. Como disse o filósofo e político irlandês Edmund Burke, ‘ninguém comete erro maior que não fazer nada porque só pode fazer um pouco’.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: