As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

"Estão aqui, bem aqui, todas as pedras."

Ricardo Lombardi

27 de novembro de 2009 | 05h36

Pedras

I

Depois de anos passeando juntos pela estrada de pedras, quando ela finalmente se tornou plana, tropeçaram.

II

Estão aqui, bem aqui, todas as pedras.

A que atirei de bodoque, aleijando o passarinho, aos nove.

A que arremessei com êxito na vidraça do vizinho (e culpei a bola), aos treze.

A que atingiu em cheio o supercílio do policial naquela manifestação em prol não sei de quê, aos dezessete.

A pontuda que deixei estrategicamente embaixo do pneu do vizinho, aos trinta.

A pedra grave, pesada, que pus em cima do assunto que Vanessa preferia manter em aberto, aos quarenta.

E inclusive esta, fria, rígida, que amanhã não comemora quarenta e um.

Poema de Marco Bassini, selecionado por Carlito Azevedo (via Flavio Moura)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: