As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como contar a verdade num obituário

Ricardo Lombardi

06 de julho de 2007 | 07h34

O jornalista Alberto Dines escreveu certa vez que, no mundo anglo-saxão, o obituarismo (tarefa de escrever obituários para jornais, revistas, etc) é exercido por qualificados profissionais, “aqueles com capacidade de enxergar a História através do cotidiano”. Mas confesso que nunca tinha visto um primeiro parágrafo tão sincero como o deste texto publicado no Telegraph para noticiar a morte de Gottfried von Bismarck, parente do chanceler alemão Otto von Bismarck. Um exemplo a ser seguido no Brasil, com certeza.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.