As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como bebe o brasileiro

Ricardo Lombardi

10 de setembro de 2007 | 09h23

Um em cada quatro brasileiros bebe a ponto de correr riscos de sofrer problemas físicos, psíquicos e sociais. A informação está na reportagem de capa da nova edição da revista Pesquisa FAPESP. Um trecho: “É um padrão de consumo distinto do europeu. Nos países mediterrâneos da Europa em geral toma-se vinho com freqüência e em pequenas quantidades, durante as refeições, enquanto nos países nórdicos e do Leste Europeu o mais comum é consumir doses e mais doses de uísque ou vodca. O perfil de consumo do brasileiro é mais diverso. Muitos bebem pouco e poucos bebem pra valer, o que nos coloca entre os consumidores de médio porte nas Américas, segundo dados de um levantamento inédito da Organização Pan-americana da Saúde. ‘Não bebemos mais do que canadenses, norte-americanos e os povos de outros países da Europa, mas consumimos álcool de modo mais nocivo’, explica a psiquiatra Florence Kerr-Corrêa, da Universidade Estadual Paulista (Unesp), em Botucatu, que estuda a diferença no padrão de consumo entre o sexo masculino e feminino”. Leia mais aqui.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.