Como 9 mil repórteres perderam uma boa história
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Como 9 mil repórteres perderam uma boa história

Ricardo Lombardi

13 de fevereiro de 2009 | 06h44

Dean Starkman, que trabalhou oito anos no Wall Street Journal e hoje escreve sobre mídia na Columbia Journalism Review, publicou um texto na Mother Jones que traz a seguinte pergunta central: como os cerca de 9 mil jornalistas econômicos dos Estados Unidos deixaram de fazer a reportagem da vida deles ao não seguirem as pistas que mostravam o estado real do sistema financeiro (e, ao contrário, acreditarem no mundo que Wall Street estava vendendo como real).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.