As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Bento 16, Yoani Sanchéz e as lições da culinária

Ricardo Lombardi

21 Fevereiro 2013 | 08h10

Sugestão de leitura: o texto “Bento 16, Yoani Sanchéz e as lições da culinária“, do jornalista Leandro Beguoci. Coloco aqui o trecho inicial:

“Eu gosto muito de cozinhar, embora a cozinha ainda esteja aprendendo a gostar de mim, como num casamento arranjado. Meus acertos acontecem mais por repetição e sorte do que por conhecimento. A insistência faz com que algumas vezes por ano, quando acontecem coisas estranhas, como um gol do Vinicius ou um meteoro da Rússia, eu consiga preparar uma refeição que faça com que as pessoas tenham vontade de me abraçar.

Quando cozinho, me policio para evitar o erro bizarro. Mas é muito fácil cometer um erro bizarro. Às vezes você se empolga e coloca mais pimenta do que deveria. Ou esquece o ponto do arroz. É curioso porque a cozinha é um pouco a vida: muitos erros acontecem por erros de medida. Nunca acertei o ponto do molho do macarrão da minha avó porque ela sabia exatamente o que colocar, quando colocar e a quantidade a colocar. Não é fácil fazer aquele molho vermelho e saboroso. Quando leio os textos sobre o papa ou a Yoani Sanchéz, para ficar em dois casos recentes, flagro muitos erros de medida. É como deixar o macarrão cozinhando até virar uma bola úmida de carboidrato amarelo.” Leia mais.