Arquitetura olímpica
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Arquitetura olímpica

Ricardo Lombardi

26 de maio de 2008 | 07h53

New Yorker que chega às bancas hoje publica um texto crítico sobre as novas obras arquitetônicas da cidade de Pequim, encomendadas para a olimpíada. O destaque do editor pergunta: “A arquitetura da olimpíada de Pequim é espetacular, mas qual é a mensagem que ela envia?” No meio do texto, o autor tenta responder: “A mensagem [para o mundo] é clara: qualquer coisa que vocês podem fazer, a gente pode fazer melhor”. O texto também levanta uma questão interessante: os chineses preferiram contratar escritórios de arquitetura de fora do país, ao invés de exibir o talento nativo (apenas um dos 31 projetos foi delegado a um chinês).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.