Aprenda como deixar o caos entrar sem se perder nele
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Aprenda como deixar o caos entrar sem se perder nele

Ricardo Lombardi

18 de março de 2009 | 06h30

Sugestão de leitura: o texto “Desordem e progresso“, publicado pela revista Vida Simples. “O sonho de viver em casas clean e organizadas, ter metas rígidas e conseguir manter nossos relacionamentos sob controle está com os dias contados? Veja (em uma matéria bem organizadinha) que um pouco de caos pode ser benéfico em nossa vida”, escreveu o editor. Leia um trecho abaixo:

“(…) Nós nos estruturamos demais porque temos pavor de que a realidade fuja ao nosso controle. A sensação de que podemos nos prejudicar com a instabilidade da vida ou de perder a quem amamos por causa de acontecimentos imprevisíveis mina nossa segurança. Por isso, gostamos tanto da rotina, do que é linear e previsível, do que não muda. Um pouco disso é essencial para nossa saúde psíquica. O problema acontece quan do nos esquecemos de que o excesso de controle asfixia e pode acabar com todas as chances de mudança em nossa vida. Porque a mudança tem mais facilidade de ocorrer exatamente onde não há um espaço estruturado.

Talvez a gente não se preocupasse tanto em manter a ordem se aprendêssemos um pouquinho sobre a Teoria do Caos, uma teoria científica formulada em 1960 pelo meteorologista americano Edward Lorenz. Ela diz que há uma ordem intrínseca até mesmo no caos. O que nos parece caótico, como o turbilhão de água numa cachoeira, por exemplo, tem um padrão, uma sequência. Eles são difíceis de serem definidos, mas existem. ‘A Teoria do Caos, na verdade, deveria se chamar teoria da ordem oculta do caos’, diz Salete de Oliveira Buffoni, que ensina esse difícil tema na Faculdade de Engenharia da Universidade Federal Fluminense. (…)”.

Para ilustrar, trabalho de Paul Sharits.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.