"Aos tapas e pontapés, with love"
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

"Aos tapas e pontapés, with love"

Ricardo Lombardi

04 de novembro de 2008 | 07h04

A Piauí publicou as cartas do escritor Norman Mailer (foto) sobre política. Escreve o editor da revista:

“Encrenqueiro por temperamento, Norman Mailer passou toda a segunda metade do século XX brigando por seu lugar de artista e intelectual de esquerda numa sociedade que prosperava com a expansão do império americano, e num mundo onde a União Soviética virara um museu de teorias revolucionárias. O autor de Os Nus e os Mortos morreu há um ano, deixando quarenta livros prontos, seis casamentos, dois romances engatilhados e uma enxurrada de papéis inéditos, disputados por duas universidades. A correspondência erótica foi parar em Harvard, vendida por uma ex-amante. Mas as cartas de Mailer sobre política ganharam a corrida da publicação póstuma.” Uma frase de Mailer:

“Os Estados Unidos foram criados e prosperaram com as idéias de fé e razão. A fé agora está comprimida ou autoritária, e o americano médio perdeu a confiança na razão.” É isso.

PS: A matéria mais divertida da nova Piauí é “Pelada no palco”, de Diablo Cody (“A primeira vez da roteirista de Juno em um show de strip-tease”). Mas essa só na versão impressa. Depois eu coloco um trecho aqui.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.