As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

Amor no Irã

Ricardo Lombardi

20 de julho de 2007 | 16h00

Após passar 11 anos na cadeia por ter vivido uma relação adúltera, iraniano é apedrejado até a morte. Sua parceira, que também passou 11 anos presa, deve ser a próxima. A Anistia Internacional está tentando salvá-la. Tem uma boa história aí.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.