"Aliviando a consciência pesada"
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

"Aliviando a consciência pesada"

Ricardo Lombardi

18 de agosto de 2008 | 07h30

Sugestão de leitura: a reportagem “Aliviando a consciência pesada“, de Mariana Sgarioni, publicada na revista Vida Simples. “Em vez de passar a vida se chicoteando, que tal substituir a culpa, esse sentimento tão doloroso e destrutivo, por uma palavrinha: compreensão?”, diz o destaque do editor. Um trecho da matéria: “A culpa não é, em si, necessariamente, uma doença, mas pode desencadear algumas enfermidades, sim. Há pessoas que tendem a se sentir culpadas o tempo todo. Alguém que experimenta culpa exacerbada pode fazer com que ela vire uma neurose. Normalmente, é o tipo que se sente inseguro, tem dificuldade de tomar iniciativas até por medo de errar. Nunca aceita elogios, não consegue ser homenageado, aquele que ninguém consegue encontrar um presente para dar no dia do aniversário. Não tira férias, trabalha demais, está sempre angustiado. Tem baixa auto-estima, nunca acredita em si mesmo. Como é de se esperar, a vida sexual de um culpado é obviamente difícil. Em casos extremos, um atormentado pela culpa isolase dos amigos e da família e, no limite, pode tentar até o suicídio.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: