A sonolência de Dom Pedro II
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A sonolência de Dom Pedro II

Ricardo Lombardi

10 de fevereiro de 2009 | 07h03

Li na Agência Fapesp: “A síndrome de apneia do sono tipo obstrutivo (Saso) seria a causa mais provável da sonolência diurna excessiva do imperador Dom Pedro II (1825-1891). A conclusão é de um estudo feito por pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ),  publicado nos Arquivos de Neuro-Psiquiatria.

‘A principal contribuição da pesquisa é mostrar que D. Pedro II realmente tinha sonolência durante o dia e esta provavelmente era causada por Saso’, disse um dos autores do trabalho, Rubens Reimão, professor da Divisão de Clínica Neurológica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, à Agência FAPESP.

‘Havia, portanto, uma causa orgânica para a sonolência excessiva do imperador. Esse achado contraria a versão mais usada na época pelos opositores de D. Pedro II que diziam, e publicavam em inúmeras charges, que ele dormia demais por não se importar com o Brasil’, complementa o também coordenador do Grupo de Pesquisa Avançada em Medicina do Sono do Hospital das Clínicas da FMUSP. (…)”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.